Você está em: Página Inicial > Policial
R$30 milhões: empresário de Cascavel é preso por fraude no Banco do Brasil
Por Catve | Postado em: 09/05/2019 - 10:21

Publicidade
Publicidade

Um empresário do ramo de cobranças de Cascavel foi preso na manhã desta quinta-feira (9) em Operação da Polícia Civil realizada em oito estados do Brasil. 

A operação iniciou em Brasília quando se soube da fraude no Banco do Brasil que gerou prejuízo estimado em mais de R$30 milhões. A agência onde a fraude era praticada fica no DF e por isso a operação foi deflagrada a 1441 quilômetros de Cascavel. 

Adriano Valente, Delegado da Polícia Civil do Distrito Federal, explica que o empresário preso e encaminhado à 15ª SDP (Subdivisão Policial) é responsável por uma empresa de cobranças da cidade. "As empresas faziam as cobranças das dividas do banco, mas na hora do repasse da comissão - e como o dinheiro era pago em espécie - a propina era entregue aos envolvidos no esquema criminoso" explica. 

Foram cumpridos em oitos estados do Brasil - Pernambuco, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Goiás e DF- 17 mandados de prisão preventiva e também de 28 mandados de busca e apreensões. "Muitos documentos foram apreendidos e agora serão analisados pela Polícia Civil para tentar identificar mais pessoas no esquema e levantar o valor real da fraude aplicada ao banco", descreve. 

A investigação iniciou há pelo menos quatro meses, mas o grupo - que tinha 11 empresas que tinham contrato com a instituição financeira agia no país há alguns anos, e ao que tudo indica o valor desviado pode superar os R$30 milhões desviados até o momento. Também são investigados servidores e ex-servidores do Banco do Brasil que facilitaram o esquema. 

O empresário e os demais envolvidos na fraude devem responder por organização criminosa, falsidade ideológica, entre outros crimes. 

Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento