Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Quatro Pontes ganha Campanha de Combate à Violência Infantil
Durante a tarde de ontem (22) houve entrega de panfletos
Por Assessoria | Postado em: 23/05/2018 - 08:35

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Quatro Pontes, por intermédio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), Conselho Tutelar e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), promove uma campanha intensiva de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Durante a tarde de ontem (22) houve entrega de panfletos informativos sobre a violência sexual em forma de pedágio na Avenida Presidente Epitácio. A psicóloga da Secretaria de Desenvolvimento Social, Miguela Hanke, e a presidente do CMDCA, Cleonice Majolo, explicam que a iniciativa visa conscientizar a população.

“É possível evitar que os casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes aumentem. Devemos nos atentar e denunciar. Cada um pode contribuir com o nosso público infantil. Todas as autoridades também estão à disposição. Não deixe as crianças correndo perigo. E leiam com atenção todo material disponibilizado e nos ajude nesta ação”, comentam. 

CASO ARACELI

No dia 18 de maio de 1973, uma menina de oito anos foi sequestrada, violentada e cruelmente assassinada no Espírito Santo. Seu corpo apareceu seis dias depois carbonizado e os seus agressores, jovens de classe média alta, nunca foram punidos. A data ficou instituída como o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” a partir da aprovação da lei federal nº 9.970/2000. O “caso Araceli”, como ficou conhecido, ocorreu há quase 40 anos, mas, infelizmente, situações absurdas como essa ainda se repetem.

ABUSO X EXPLORAÇÃO SEXUAL

O abuso sexual envolve contato sexual entre uma criança ou adolescente e um adulto ou pessoa significativamente mais velha e poderosa. As crianças, pelo seu estágio de desenvolvimento, não são capazes de entender o contato sexual ou resistir a ele e podem ser psicológica ou socialmente dependentes do ofensor. O abuso acontece quando o adulto utiliza o corpo de uma criança ou adolescente para sua satisfação sexual. Já a e exploração sexual é quando se paga para ter sexo com a pessoa de idade inferior a 18 anos. As duas situações são crimes de violência sexual.

 

Últimas Notícias
Cotidiano 23 Fev às 17:15
As obras devem estar prontas no dia 21 de junho e o Hospital Regional funcionando dia 1 de agosto
Cotidiano 23 Fev às 10:15
A Secretaria de Saúde de Maripá alerta para falsos Agentes de Endemias que estão agindo na cidade e podem ter feito pelo menos duas vítimas.
Cotidiano 23 Fev às 08:00
Funerária Bom Jesus
Cotidiano 22 Fev às 17:32
A entrega ocorreu na quinta-feira (21) no Paço Municipal com a presença do ex-deputado federal, Dilceu Sperafico.
Cotidiano 22 Fev às 10:21
Venezuelanos usam caminhos alternativos, as chamadas trincheiras, para atravessar a pé
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento