Você está em: Página Inicial > Cotidiano
PGR recorre de decisão de Gilmar Mendes para soltar Beto Richa
Richa foi solto na madrugada de sábado (15)
Por G1 Paraná | Postado em: 19/09/2018 - 11:39

Publicidade

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu nesta terça-feira (18) da decisão monocrática do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de soltar o ex-governador do Paraná Beto Richa.

Richa foi solto na madrugada de sábado (15). Ele e outras 14 pessoas foram presas na última terça-feira (11), em operação do Ministério Público estadual (MP-PR) que investiga crimes em licitações para o reparo de estradas rurais do estado.

Dodge requereu ao ministro do STF que reveja a decisão de soltar o ex-governador e que determine a remessa para "livre distribuição", como pedido de habeas corpus. Caso ele não entenda assim, pede que o recurso seja remetido para julgamento do Pleno.

A procuradora-geral questionou o instrumento utilizado pela defesa de Richa ao solicitar a soltura. "Sempre que um preso temporariamente entendesse que sua prisão foi uma condução coercitiva disfarçada, iria provocar o Relator da ADPF 444 [Gilmar Mendes] a revisar o decreto prisional”, ponderou Dodge.

"Em outras palavras, caso a decisão agravada não seja revertida, o Relator da ADPF 444 será, doravante, o revisor direto e universal de todas as prisões temporárias do país", manifestou-se a procuradora-geral.

A defesa de Beto Richa afirmou que não vai se manifestar sobre o recurso da PGR.

MP estadual também recorre

O Ministério Público do Paraná também recorreu da decisão Gilmar Mendes nesta terça-feira. O recurso de retratação do ministro e reforma da decisão para que a prisão preventiva de Richa, decretada em primeiro grau, seja restabelecida imediatamente.

Caso Gilmar não faça a retratação, o MP-PR pede que o recurso seja submetido a Plenário, para que seja anulada a decisão de Gilmar.

"Claramente, [Gilmar Mendes] fez um juízo antecipado e depreciativo da atuação estatal que culminou na decisão que, posteriormente, acabou por pessoalmente revogar. Pior: explicitou seu pré-conceito e este foi aproveitado por quem nele tinha interesse", justificou o MP no recurso.

Últimas Notícias
Cotidiano 10 Dez às 11:26
O escritório do deputado em Marechal Rondon foi alvo nesta manhã
Cotidiano 10 Dez às 09:59
Funerária Bom Jesus
Cotidiano 10 Dez às 09:19
Waldir sofreu uma grave queda na sexta-feira
Cotidiano 10 Dez às 07:43
Gabinete do deputado Ademir Bier é um dos alvos da operação
Cotidiano 09 Dez às 20:19
Crianças e jovens são os mais afetados pela pobreza no Brasil, segundo o IBGE
Cotidiano 09 Dez às 10:20
O concurso foi na noite de ontem
Cotidiano 09 Dez às 09:33
Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#.
Cotidiano 08 Dez às 12:08
Autópsia constatou que a causa da morte foi um ataque cardíaco. Corpo do pernambucano chegou a cidade na madrugada deste sábado (8).
Cotidiano 08 Dez às 10:17
Ele estava internado há 20 dias e faleceu após um infarto
Cotidiano 07 Dez às 16:39
A cantata será realizada na Biblioteca Pública Municipal Arnaldo Busato, a partir das 20h30.
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento