Você está em: Página Inicial > Policial
Pastor evangélico é preso por assediar criança no Paraná
Homem foi preso em flagrante depois de enviar fotos pornográficas e mensagens de teor erótico para a menina
Por A Rede | Postado em: 25/07/2018 - 07:21

Publicidade
Publicidade

Um homem que se intitula pastor evangélico foi preso pela Polícia Militar na noite desta terça-feira (24) na Vila Nova, em Ponta Grossa, suspeito de assediar uma criança de 10 anos. Em uma ação conjunta entre a Polícia Militar e o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) da Polícia Civil, o homem foi preso em flagrante depois de enviar fotos pornográficas e mensagens de teor erótico para a menina, filha de frequentadores da igreja.

O pastor já vinha sendo investigado pelo Nucria há aproximadamente uma semana. A mãe da vítima encontrou no celular dela conversas entre ela e o pastor e percebeu o conteúdo inapropriado das mensagens. Ela fez a denúncia à Polícia Civil, que monitorava a situação e reunia provas para a investigação do caso. No entanto, na noite desta terça-feira, o pastor voltou a mandar mensagens para a criança e a polícia foi acionada.

Agentes do Nucria e policiais militares foram até o local onde ele realizava sua pregação e realizaram a prisão em flagrante do suspeito. De acordo com a PM, nas mensagens o pastor havia pedido que a criança fosse para a igreja usando minissaia e também tinha enviado fotos pornográficas exibindo o órgão sexual. Ele foi encaminhado à 13ª Subdivisão Policial (SDP) e deve ser submetido nesta quarta-feira (25) a audiência de custódia para decisão da Justiça sobre sua possível prisão preventiva.

O pastor confessou que tinha trocado mensagens com a criança e assumiu ter enviado fotos pornográficas para a menina. Ele disse que a criança o procurou num primeiro momento na última quinta-feira e, desde então, eles vinham conversando pelo WhatsApp. O pastor classificou o ato como “burrada” e não soube dar explicações sobre o porquê de ter assediado a criança.

Últimas Notícias
Policial 22 Out às 15:21
Sandro Alves Cassandro, conhecido como "Catatau" está desaparecido desde o dia 15 de outubro, em Toledo
Policial 22 Out às 09:56
A moto estava coberta com galhos
Policial 22 Out às 08:33
A vítima foi atingida com golpes de taco, como também chutes e socos
Policial 22 Out às 07:43
O pai é suspeito
Policial 22 Out às 06:30
Houve uma briga generalizada
Policial 21 Out às 22:36
Os três fugiram em direção ao bairro Augusto
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento