Você está em: Página Inicial > Policial
Paraná: Ladrões invadem casa, apanham e morador é que acaba preso por tortura: Quem é bandido?
Se não bastasse, os dois voltaram para a mesma casa que tentaram assaltar na manhã desta quinta-feira
Por Banda B | Postado em: 06/12/2018 - 16:12

Publicidade

O choro desesperado de uma mulher em frente à Central de Flagrantes, em Curitiba, na manhã desta quinta-feira (6), chamou a atenção da reportagem da Banda B. Poliana Vilela, de 35 anos, chorava de raiva, de revolta, sem acreditar no que havia acontecido. A casa dela, no bairro Hauer, foi invadida por dois ladrões nesta madrugada e quem foi para a cadeia foi o marido dela, Silvano Rogério Weber, de 35 anos. O motivo? Tortura, após ele ter agredido os dois ladrões. Estes, para aumentar a revolta da família, foram soltos logo em seguida. E com um detalhe: assim que saíram, voltaram para a mesma casa para buscar a bicicleta que tinham deixado.

Chorando muito, a moradora contou que por volta da 1h30 eles notaram que ladrões haviam entrado no quintal da residência e levado uma bicicleta. O marido e proprietário da casa ficou acordado imaginando que poderiam voltar. Dito e feito. Voltaram.

“Uns 20 minutos depois eles voltaram para roubar mais, imaginamos. Logo que entraram, meu marido entrou em luta com eles. Eles brigaram muito e foram pro lado de fora. Ao mesmo tempo, a gente chamou a polícia que conseguiu prender os dois a alguns metros de casa, ainda com meu marido lutando com eles. Daí, pra garantir o Boletim de Ocorrência, meu marido foi no carro dele até a central de Flagrantes. Chegando lá, o delegado prendeu meu marido por tortura e soltou os ladrões. É inacreditável. Que justiça é essa?”, disse a vítima.

A prisão de Silvano Weber e a libertação dos suspeitos foram determinadas pelo delegado de plantão Fabio Machado. Pela manhã, ele já havia saído da delegacia e a delegada de plantão não quis gravar entrevista.

A Banda B tentou contato com o delegado Machado, mas ele não quis gravar entrevista. Apenas informou que a Polícia Civil vai se manifestar por meio de uma nota oficial, que foi enviada durante a tarde.

A nota:

A Polícia Civil informa que em relação a uma dupla conduzida à Central de Flagrantes, na madrugada desta quinta-feira (06/12) suspeita de furtar uma bicicleta no quintal de uma residência, no bairro Hauer, os indivíduos não permaneceram presos pois não havia qualquer prova em relação a autoria do fato por parte dos conduzidos.

Em relação a prisão em flagrante de Silvano Rogério Weber, 35 anos, a polícia informa que ele foi preso suspeito por torturar a dupla conduzida à delegacia, fato confessado pelo próprio Weber. Ele ainda teria se passado por policial fazendo menção de estar armado, durante a abordagem.

Vale alertar a população que as leis são cumpridas, por isso é importante que as vitimas chamem a Polícia Militar no momento de qualquer crime, sem tentar resolver de maneira pessoal, reagindo ou agredindo o suposto criminoso.

 

Últimas Notícias
Policial 11 Dez às 15:02
O jovem foi brutalmente assassinado com sete golpes de facão na cabeça, braços e nas costas.
Policial 11 Dez às 14:22
Parte do corpo de Claudete Sampietri, de 59 anos, foi encontrado em janeiro de 2017; cabeça e braços sumiram
Policial 11 Dez às 12:05
O condutor que já foi preso pelo mesmo crime foi detido novamente
Policial 11 Dez às 09:18
Não informações sobre valores levados
Policial 11 Dez às 08:05
o veículo foi furtado no domingo
Policial 10 Dez às 18:30
O condutor disse a polícia que a carga seria para Toledo
Policial 10 Dez às 17:57
A mulher foi morta com cerca de 10 facadas; o indivíduo tentou suicídio aplicando golpes de faca contra seu próprio abdômen
Policial 10 Dez às 15:56
O comandante do BPFron Tenente Coronel Sanson ressaltou a importância da destinação de veículos para o trabalho
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento