Você está em: Página Inicial > Policial
Motocicleta da família Brittes está em nome de traficante preso pela PF, diz delegado
Ele, a esposa Cristiana e a filha Allana estão presos desde semana passada
Por Banda B | Postado em: 09/11/2018 - 10:22

Mais Imagens
Publicidade
Publicidade

A Polícia Civil apreendeu a motocicleta usada pelo empresário Edison Brittes Júnior, preso pelo assassinato do jogador Daniel Correa Freitas, 24 anos, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A motocicleta Honda Cbr 1000Rr Repsol está em nome de outra pessoa, atualmente, presa pela Polícia Federal, pelo crime de tráfico de drogas. A polícia quer saber qual é a relação de Edison, conhecido como Juninho Riqueza, com o traficante preso. Ele, a esposa Cristiana e a filha Allana estão presos desde semana passada, acusados no envolvimento da morte do jogador de futebol.

O delegado de São José dos Pinhais, que coordena as investigações, Amadeu Trevisan, garantiu que essas novas informações serão incluídas no inquérito, que poderá ser desmembrado do crime de homicídio. “Essa moto será para fazermos uma linha sobre a vida antecedente dele. Por que essa moto estava lá, de quem é essa motocicleta? Essa moto pode até abrir um novo inquérito policial porque está em nome de um traficante, está com ele há muito tempo, pode relacioná-lo a outro crime”, confirmou o delegado à Banda B.

Nas redes sociais da família Brittes, a Honda Repsol já foi destaque em diversas postagens, durante encontro de motociclistas. Ela estava na casa de Edison, na garagem, desde a prisão dos três e foi apreendida por policiais civis na manhã desta sexta-feira (9).

Declarações

O delegado voltou a afirmar que as declarações de Juninho Riqueza são fantasiosas. “Tenho certeza que não houve estupro, tenho certeza que, se Cristiana tivesse gritado, as pessoas iriam ouvir naquele espaço pequeno, um quarto conjugado à casa. Se ela estivesse acordado em meio à embriaguez, porque isso foi provado que estava, ia ter tido outras reações, pular pela janela. Só o indiciado diz ter ouvido ela. A palavra dele se desmantelou. A cada fala desconstruída, ele inventa uma nova história. Já é a quarta versão que ele apresenta”, criticou.

Depoimentos

Hoje à tarde estão previstos os depoimentos dos jovens que teriam participado do crime contra Daniel. Ygor King, de 19 anos, e David Willian da Silva, de 18 anos,  devem prestar depoimento, por volta das 14 horas. Eles são acusados de agredir o jogador e levá-lo no carro para a zona rural da cidade, acompanhados de Edison Brittes, o Juninho Riqueza, que confessou ter cometido o crime.

Coletiva

Ainda nessa tarde, o delegado Amadeu Trevisan concederá uma entrevista coletiva para falar sobre o andamento do inquérito policial do caso.

 

 

Últimas Notícias
Policial 19 Nov às 16:12
Ele foi amarrado em meio à mata. Um veículo Strada Advent, placa AQQ-1606, de Marechal Rondon, foi levado
Policial 19 Nov às 10:55
A ação está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF)
Policial 19 Nov às 09:32
No sábado (17), Marcelo Piloto esfaqueou 17 vezes na cela em que estava uma jovem que foi visitá-lo
Policial 19 Nov às 08:31
A mercadoria foi avaliada em 8 mil reais
Policial 19 Nov às 07:26
O fato aconteceu na madrugada de hoje
Policial 18 Nov às 17:24
Um deles aconteceu em Porto Mendes
Policial 18 Nov às 16:00
A médica Mariana Paranhos foi atingida 12 vezes, na região do tórax e do pescoço, e a criança, duas vezes
Policial 18 Nov às 15:40
Polícia Militar e Polícia Civil trabalham juntas no caso
Policial 18 Nov às 13:30
O veículo tinha sistema de rastreamento
Policial 18 Nov às 10:32
Ele teria esfaqueado a vítima 17 vezes, ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento