Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Jovem baleado em operação do Exército em Guaíra morre no hospital
Após sofrer parada cardíaca, não resistiu morreu
Por Guaíra/Tarobá News | Postado em: 23/09/2018 - 13:45

Publicidade

Um dos garotos que acabou sendo ferido durante operação do Exército Brasileiro, na noite da última terça-feira (18) na zona rural de Guaíra, não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de ontem (22), no Hospital Bom Jesus de Toledo. 

O jovem de 16 anos teve uma das pernas amputadas e estava em coma. Após sofrer parada cardíaca, não resistiu morreu. O corpo será transladado para Guaíra, onde será velado e sepultado. 

Na nota oficial do Exército Brasileiro, foi informada que durante a abordagem, os jovens que estavam junto ao caminhão que transportava grande quantidade de cigarros contrabandeados do Paraguai, reagiram a abordagem e fizeram vários disparos de arma de fogo contra os Militares, que reagiram prontamente.

Ainda sobre a nota oficial, na Operação do Exército Brasileiro dois rapazes (não foi informado as idades) ficaram feridos e precisaram atendimento médico e um terceiro foi detido. Já os demais suspeitos que estavam juntos ao caminhão se evadiram adentrando uma mata ciliar e foram encontrados.

Últimas Notícias
Cotidiano 09 Dez às 20:19
Crianças e jovens são os mais afetados pela pobreza no Brasil, segundo o IBGE
Cotidiano 09 Dez às 10:20
O concurso foi na noite de ontem
Cotidiano 09 Dez às 09:33
Para saber se o número de IMEI é legal, basta discar *#06#.
Cotidiano 08 Dez às 12:08
Autópsia constatou que a causa da morte foi um ataque cardíaco. Corpo do pernambucano chegou a cidade na madrugada deste sábado (8).
Cotidiano 08 Dez às 10:17
Ele estava internado há 20 dias e faleceu após um infarto
Cotidiano 07 Dez às 16:39
A cantata será realizada na Biblioteca Pública Municipal Arnaldo Busato, a partir das 20h30.
Cotidiano 07 Dez às 14:12
O helicóptero do Samu foi acionado
Cotidiano 07 Dez às 10:13
Os servidores realizaram o trabalho de recapeamento
Cotidiano 07 Dez às 09:27
Para saber se telefone é 'pirata', usuário deve discar *#06# e comparar se os 15 algarismos são os mesmos do adesivo do aparelho.
Cotidiano 06 Dez às 19:00
A decisão liminar, de quarta-feira (5), é do juiz Guilherme de Paula Rezende, da 4ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba; processo apura suspeita de propaganda irregular em 2007 e 2008.
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento