Você está em: Página Inicial > Policial
Homem vende CNH falsa em grupos de rede social em Cascavel
O rapaz chega a passar o número da conta e determina um horário para depósito
Por Catve | Postado em: 14/03/2018 - 08:15

Publicidade

O golpe é antigo, mas ainda desperta interesse de muitas pessoas que procuram facilidades para conseguir documentos. Num grupo de compra e venda pela internet, uma pessoa oferece carteiras de motorista para quem pagar R$ 1 mil, mas se pagar a vista, o negócio saí por R$ 600. 
É só depositar o dinheiro e enviar os dados e receber a CNH em 24 horas pelo Correio, diz o vendedor em uma conversa com uma produtora da CATVE. Ele afirma que o documento é quente e é produzido no próprio Detran. 

O rapaz chega a passar o número da conta e determina um horário para depósito. 

Depois de 45 aulas teóricas e 25 aulas práticas ainda, é preciso marcar e realizar as provas no Detran, agora tudo informatizado. Segundo a Chefe da Ciretran de Cascavel, não existe outra maneira de conseguir uma CNH legítima, qualquer outra forma oferecida é golpe. 
Além de adquirir um documento falso, quem compra também está cometendo um crime.

Segundo o Delegado responsável pelo setor de combate ao estelionato de Cascavel, o comprador pode ser responsabilizado por receptação ou uso de documento falso. Já quem vende por estelionato ou falsificação de documento.

Últimas Notícias
Policial 12 Dez às 08:53
O crime ocorreu nesta manhã
Policial 12 Dez às 07:52
A Polícia Militar foi chamada ao local por testemunhas que viram a tentativa de homicídio.
Policial 11 Dez às 23:01
Foram apreendidas duas embarcações, um motor de 40hp, um motor de 30hp e cinco volumes de produtos do Paraguai.
Policial 11 Dez às 20:39
O veículo estava em via pública no momento do furto
Policial 11 Dez às 19:16
A prisão aconteceu no final da tarde de hoje
Policial 11 Dez às 17:32
O cadáver foi encontrado ontem a tarde e acredita-se que a morte tenha ocorrido ainda no final de semana
Policial 11 Dez às 15:02
O jovem foi brutalmente assassinado com sete golpes de facão na cabeça, braços e nas costas.
Policial 11 Dez às 14:22
Parte do corpo de Claudete Sampietri, de 59 anos, foi encontrado em janeiro de 2017; cabeça e braços sumiram
Policial 11 Dez às 12:05
O condutor que já foi preso pelo mesmo crime foi detido novamente
Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento