Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Funai: demarcação identifica 165 proprietários sobre terras indígenas
Áreas envolvem Terra Roxa, Guaíra e Altônia
Por Catve | Postado em: 15/10/2018 - 16:23

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Funai publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira a demarcação de uma extensa área identificada como terras indígenas entre Altônia, Guaíra e Terra Roxa. O impasse é que sobre boa parte dessas terras há 165 proprietários identificados no estudo como "ocupantes não indígenas incidentes na TI Tekoha Guasu Guavirá". 

O estudo é o desdobramento de uma ação na Justiça Federal cobra o estudo assinado pela antropóloga Marina Vanzolini Figueiredo e que identifica duas glebas como Terra Indígena Tekohá Guasu Guavirá. 

A gleba 1 com dimensão de 1.396 hectares e perímetro de 32 km, e também a Gleba 2, com 17.025 hectares e perímetro de 107 km. Há também uma área de ilhas de 5.607 hectares. Toda essa terra, segundo a demarcação, pertence ao povo Avá Guarani que, segundo o último levantamento tem uma população de 1.360 pessoas. Atualmente, há 14 aldeias constituídas do povo Avá Guarani.

O estudo aponta os grupos se aglomeravam nas áreas demarcadas, até a década de 1970 e começo dos anos 1980, quando foi construída a barragem de Itaipu.

A ONG DIP (Organização Nacional de Garantia ao Direito de Propriedade) informou ao blog que a decisão a demarcação será contestada administrativamente, dentro da ação judicial.

Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento