Você está em: Página Inicial > Cotidiano
Empresário e ex-secretário do governo Richa suspeitos de fraudar licitações são considerados foragidos, diz MP-PR
Operação Rádio Patrulha investiga contratos para manutenção de estradas rurais. Ex-governador Beto Richa (PSDB), ex-primeira-dama Fernanda Richa e mais 13 estão presos.
Por G1 Paraná | Postado em: 13/09/2018 - 15:01

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

O empresário Joel Malucelli e o ex-secretário de Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná Edson Casagrande são considerados foragidos nesta quinta-feira (13), segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Eles, além do ex-governador e da ex-primeira-dama Fernanda Richa, estão entre os 15 investigados que tiveram mandados de prisão expedidos durante a Operação Rádio Patrulha, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na terça-feira (11).

Beto, Fernanda Richa e os demais suspeitos estão presos. Eles devem ser ouvidos pela equipe do Gaeco entre esta quinta e sexta-feira (14).

A suspeita é a de que todos tenham envolvimento em um esquema de superfaturamento de contratos para manutenção de estradas rurais para o pagamento de propina para agentes públicos. Esses contratos faziam parte do programa Patrulha do Campo.

Defesas

Em nota, a defesa de Joel Malucelli informou que o empresário está de férias fora do país e que antecipou o retorno ao Brasil, antes previsto para o dia 24 de setembro. O documento diz ainda que em 2012 se desligou das atividades e rotinas da empresa fundada por ele.

"Joel Malucelli está confiante de que irá provar que as acusações são improcedentes. O empresário nega ter cometido qualquer irregularidade e sempre esteve à disposição das autoridades para prestar esclarecimentos", destacou.

Também em nota, a defesa de Edson Casagrande disse que ele deve se apresentar nesta quinta-feira (13) e que considera a prisão temporária desnecessária e ilegal já que desde 2011 nunca foi intimado a prestar esclarecimento.

"Edson Luiz Casagrande nega a prática de qualquer crime e está à disposição para dirimir todas as falsas acusações que lhe são direcionadas", declarou.

Clique aqui para matéria completa no G1

Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento