Você está em: Página Inicial > Trânsito
Caminhoneiros fazem carreata em Curitiba e preparam greve a partir de segunda-feira
Caminhoneiros cobram do governo diesel mais barato e ameaçam greve a partir de segunda
Por Bem Paraná | Postado em: 19/05/2018 - 18:09

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Uma centena de caminhoneiros realizaram na manhã deste sábado (19) uma carreata pela Linha Verde, em Curitiba. Desde cedo eles se concentram no pátio de empresa às margens da BR-476, na entrada da Capital. Eles se preparam para uma greve geral em todo o País a partir da segunda-feira (21). O ato desta manhã em Curitiba foi para chamar a atenção da situação da categoria, frente ao preço do frete e o combustível diesel.

Com a greve, eles cobram o governo para reduzir a zero a carga tributária sobre o diesel e que pode contar com apoio de outras categorias que têm no combustível o principal custo.

Questionado na sexta-feira (18), o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou que o governo está sensibilizado com a alta dos preços e que já está discutindo formas para uma redução de impostos.

Uma paralisação no transporte poderia afetar, entre outros setores, a indústria de soja, cuja colheita no Brasil terminou recentemente. Isso em um momento em que o mercado internacional conta com o produto do país, o maior exportador global. O movimento promete ser mais forte justamente no Centro-Oeste e no Sul, as principais regiões brasileiras produtoras de grãos.

A entidade que organiza o protesto reúne cerca de 600 mil caminhoneiros autônomos de um total de cerca de 1 milhão de motoristas no Brasil e cobra o governo desde outubro do ano passado a queda nos custos do diesel.

ainda na sexta-feira, a Petrobras anunciou que iria subir os preços do diesel em 0,80%  e os da gasolina em 1,34% nas refinarias a partir deste sábado (19).

Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento