Você está em: Página Inicial > Policial
Assaltantes da Prosegur são identificados por papel higiênico usado
Vários itens com amostra de DNA foram coletados após mega assalto
Por Vanguardia/Tribuna Popular. | Postado em: 18/03/2018 - 10:50

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A Policia Federal do Brasil logrou êxito em identificar sete membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) que teriam explodido e roubado a empresa Prosegur em Cidade do Leste, no Paraguai.

Logo após o assalto, peritos lotados na Delegacia da Policia Federal de Foz do Iguaçu foram enviados para o Paraguai onde colheram materiais, inclusive para testes de compatibilidade de DNA e através de um barbeador, uma garrafa de cerveja, bitucas de cigarros, uma taça e papel higiênico usado, onde lograram êxito de identificar sete dos envolvidos.

Após as coletas dos materiais, os peritos criminais da Policia Federal do Brasil encaminharam as amostras para o INC (Instituto Nacional de Criminalística) na cidade de Brasília/DF, onde os equipamentos especializados em genética forense analisaram o material.

O mega assalto ocorreu no mês de abril de 2017 e foi considerado o maior roubo da história do Paraguai, onde três brasileiros acabaram mortos em confronto com a policial e parte do dinheiro recuperado. As investigações foram realizadas em conjunto com a polícia brasileira.

As informações dos nomes dos envolvidos ainda não foi divulgado para não atrapalhar as investigações, porem foi confirmado a identificação de sete envolvidos que tem fortes ligações com a organização criminosa denominada PCC.

 

Portal Nova Santa Rosa
Tecnologia e desenvolvimento